quinta-feira, 7 de maio de 2009

Star Trek, o que já foi Jornada nas Estrelas...

Pois é... os tempos mudam. Com a geração internet, os nomes de filmes e seriados cada vez mais deixam de ser traduzidos, ou adaptados para a língua local. Com séries, essa característica é ainda maior. Os fãs começam a acompanhar os episódios dos seriados norte-americanos (ou de qualquer outra parte do mundo) antes mesmo de uma emissora brasileira, aberta ou não, comprar os direitos de exibição e traduzir para o idioma local. E quando chegam, já está no imaginário coletivo de muita gente com o nome original. É assim com Lost, com Prison Break, Heroes, e até mesmo Friends, que é anterior a essa febre dos torrents da vida. Alguns ainda adaptam os nomes, como Smallville, que ganhou um as aventuras do superboy como subtítulo, ou Monk, que tem a frase um detetive diferente acompanhando a exibição nacional. Mas tudo é pró-forma. No final, quem assiste, assiste a Monk ou a Smallville. E logo vão assistir Fringe, True Blood, Damages...

Mas o que isso tem a ver com o assunto desye post, afinal de contas? Como o filme ainda não estreiou, deixo aqui o widget de Star Trek, que um dia, em uma galáxia muito distante, já foi chamada pelos brasileiros de Jornada nas Estrelas, assim como o termo Guerra nas Estrelas foi apagado do mapa como se nunca tivesse existido para dar lugar ao nome "mundial", Star Wars. E para uma nova geração que não viu a série original na TV, Jornada nas Estrelas, a partir de agora, será somente uma vaga referência dos pais. Em um esforço de revitalizar a lendária franquia, J.J. Abrams, um dos nomes mais celebrados pela cultura pop atual, começa do zero, passando uma borracha nos péssimos últimos filmes produzidos para o universo e trazendo outros ares para novos e antigos fãs. As críticas e comentários de quem assistiu, trekker ou não, estão excelentes. Agora, é conferir os resultados nos cinemas. Assistamos Star Trek então. E quem quiser ver Jornada nas Estrelas vai ficar perdido quando for comprar o ingresso no cinema
...




4 comentários:

Lucaimura disse...

Olá Paulo!!
Realmente, com a globalização tão presente nas nossas vidas, perdeu-se um pouco da identidade própria de cada país. As adaptações dos títulos dos filmes é apenas mais um dos exemplos do que se passa actualmente. Aqui em Portugal, apesar de a moda das dobragens nunca ter pegado, tinhamos a tradição de modificar os títulos dos filmes para um português corrente. Actualmente a grande maioria dos filmes fica com o nome original. Enfim, perdem-se umas tradições mas ganham-se umas novas... é a evolução dos tempos!!
Um abraço.

Paulo Roberto Montanaro disse...

Pois é, Lucas!

Aqui no Brasil, tínhamos a impressão que em Portugal as coisas eram mais rígidas quanto as traduções. Mas pelo que vc está nos contando, não está tão diferente assim. Star Trek continua com esse nome aí? A série antiga se chamava Jornada nas Estrelas?

Há braços
Paulo

KA disse...

Olá,
Primeiramente, parabéns pelo blog. É bem bacana: com artigos interessantes e uma ótica bem inteligente.
MAs o que me fez chegar até aqui foi um comentário que você fez no Dude, no post que discutia a qualidade da temporada. Achei brilhante sua colocação sobre a transformação dos fãs - de participantes para neuróticos farejadores de motivos para crítica.
Queria utilizar seu comentário no meu blog. Com os devidos créditos, claro....
Obrigada!
Abs

Paulo Roberto Montanaro disse...

Olá Karen. Tudo bom?

Que ótimo que vc gostou! Fico muito feliz. Olha só os caminhos que se dão neste meio virtual, não é mesmo? rs

Acabei de mandar um e-mail pra vc. Espero que receba, ok?

Há braços

Related Posts with Thumbnails