quarta-feira, 10 de junho de 2009

Desligue a TV e vá brincar!

Não... não é uma ordem que subverte a intenção do blog de discutir materiais audiovisuais. Nem uma crise de conciência deste blogueiro que vos fala, por estar questionando o fato de assistir TV sempre que tem um tempo livre. Este é o mote de uma campanha que o canal Nickelodeon italiano criou a alguns dias. Do nada, a programação parou e a tela estática exibiu a seguinte mensagem:

"Vocês estão muito gordos e preguiçosos. Precisam de exercícios. Vamos sair do ar agora e vocês vão brincar no pátio"

Para não me alongar em uma discussão muito bem feita e trabalhada pelo blogueiro Sérgio Capparelli, em seu site http://www.capparelli.com.br/, acompanhem o texto dele na íntegra. O importante de tudo isso é que estamos, aqui no "Pensando Imagem e Som", discutindo sempre sobre a questão da TV, do cinema, dos jogos e da internet educativos. E tão importante quanto assistir um programa educativo, para uma criança, é não assistir a programa nenhum. Uma criança brasileira passar 4 horas, em média, na frente da televisão é um grande absurdo! Descontando as 10 horas que a criança dorme, ela passa quase um terço de seu tempo grudado na telinha. Isso sem contar o tempo que estão no computador ou em outros aparelhos eletrônicos.

Entretenimento e cultura audiovisual são excelentes e importantíssimos no dia-a-dia de todos nós. Mas para fechar com um clichê, tudo de mais faz mal.

Um agradecimento especial à blogueira Shirley Paradizo, do Blog Mundo Animado, fonte por onde encontrei esse ótimo texto do Capparelli.

11 comentários:

Hugo disse...

Se não estou enganado, a MTV aqui no Brasil fez algo parecido há uns anos atrás tirando o canal do ar por 15 minutos ou meia-hora, algo sim.

Abraço

Kamila disse...

Uma campanha muito boa essa do Nickelodeon italiano. O nosso colega aí de cima está certo quando disse que a MTV Brasil fez uma campanha parecida em nosso país há algum tempo.

Anônimo disse...

Hugo, eu me lembro disso... acho que eles falavam pra vc ir ler um livro, ou algo assim. hehehe

Enfim, é um tema que pode acarretar horas de discussão e acho que o ideal eh ter um equilibrio. Mas é dificil, as crianças hj em dia parecem cada vez mais viciadas em computador, tv e etc. Jogar bola nem pensar!

abraços

Paulo Roberto Montanaro disse...

Pois é, galera. Muito bem lembrado!
Pena que a MTV brasileira tem um alcance bem limitado, né? As emissoras abertas com maior abrangência nem pensam nessa possbilidade, porque infelizmente a grande maioria das pessoas iria simplesmente pegar o controle remoto e mudar de canal. A não ser que fosse uma ação conjunta. Ainda assim, ningém quer convencer a ninguém que é melhor ler um livro ou brincar. O público alvo ainda são as classes mais baixas e os anunciantes não pensariam que isso pode melhorar a imagem do produto, como o pessoal da Itália imaginou.

Valeu pelos comentários!
Há braços
Paulo

KA disse...

Oi, Paulo!
Já estou voltando à programação normal, hehehehe.
Este tema é muito importante. E deve ser discutido pela sociedade, Acho que têm muitos pais que preferem que o filho fique entretido na TV e na Internet (outra coisa maluca para crianças) porque assim não dão trabalho.
E aí jpa sabe o estrago que acontece na educação deles...
Fiz alguns artigos sobre isto e sobre obesidade infantil, que é no fundo um reflexo deste comportamento, entre outras causas. E os especilistas são unânimes em afirmar que estas novas gerações estão sendo criadas de modo muito errado.
Medo!!!!
Abs

Paulo Roberto Montanaro disse...

Pois é, Ka... Parece que as crianças desta geração, mais do que da nossa, estão sendo criados pela TV. Se pensar que uma criança fica mais tempo na frente da TV do que com a família, ou mesmo do que na escola... enfim, adotamos o entretenimento, a cultura e tudo mais, mas há outras coisas tbm, né?

Há braços
Paulo

Edna Moda disse...

Parabéns pelo seu blog que foi mencionado no blog que indiga blogs http://ednamoda.blogspot.com/

Paulo Roberto Montanaro disse...

Ual! Muito obrigado pela indicação, Edna! É um privilégio!

Há braços
Paulo

Victor Afonso disse...

O Groucho Marx tinha uma citação engraçada que ainda hoje é actual sobre a televisão: "a televisão é muito educativa: sempre que a ligo dá-me logo vontade de ir buscar um livro para ler."

Paulo Roberto Montanaro disse...

Verdade, Victor... eu já tinha visto essa citação e vc foi muito feliz em trazê-la nessa discussão. Ainda que eu não seja tão ferrenho quanto outros que eu conheço em relação a TV, sobretudo a aberta, já que aqui no Brasil a Tv aberta é muito criticada pelo conteúdo pobre no que diz respeito a educação, mas é sempre bom ser crítico.

Obrigado pela colaboração!
Há braços
Paulo

Victor Afonso disse...

Paulo: obrigado por ter adicionado o meu blog nos seus favoritos!

Related Posts with Thumbnails