quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Dossiê Lost: Desmond Hume e Penelope Widmore

Texto de Paulo Montanaro

Pode ser que todos os passageiros do vôo 815 tenham caído naquela ilha, juntos, para encontrarem uns nos outros a redenção. Pode ser que os Outros, liderados por Ben e por Richard realmente não sejam os malvados da história e mesmo as forças ocultas da Ilha podem estar em meio a uma batalha por poder, ambição e seja mais o que estiver em jogo com outras forças. Contudo, certamente se há alguém que mereça viver sua vida em paz, esse alguém não é nativo da Ilha, não chegou junto com a Iniciativa Dharma e nem caiu de avião ali. Desmond Hume e Penelope Widmore tem uma história muito mais épica do que o clássico shakespeariano Romeu e Julieta. Foi exatamente pela briga entre Des e o pai de sua amada, Charles, que ele partiu, buscando provar sua honra e valor, como nos tempos dos cavaleiros. Desmond se mostrou um verdadeiro plebeu apaixonado pela donzela da corte buscando provar ao rei que ele merece a dignidade de se casar com o seu grande amor, mesmo aquele fazendo de tudo para que este não se aproxime se sua filha. O que nem Des e nem Penny sabiam é que essa jornada em busca da honra iria custar muito mais do que as habilidades do “brotha” em navegação.

Desmond foi por muitos anos noivo e, prestes a se casar, seu medo o levou para o caminho religioso. Já noviço, ele reencontra o passado que deixara para trás e se perde em dúvidas e desespero. É praticamente expulso do monastério, pendendo de vez o rumo. Tudo isso o leva a Penelope, por quem se apaixona e mantém um relacionamento de anos até que o embate com o pai dela o leva a não se acreditar bom o suficiente para a amada. Novamente, Des foge de sua responsabilidade e, mais uma vez, ele fere o coração da mulher a quem ama.

Da mesma forma que fez anteriormente, se refugia em um regime pesado e rígido, como se estivesse se punindo. Desta vez não um monastério, mas sim o exército. Sua vida continua sendo de muita privação e seus atos de indisciplina acabam por mandá-lo para uma prisão militar. Suas cartas jamais chegariam até Penny pela interceptação, mais uma vez, do pai dela. Ao sair e descobrir o desvio de sua correspondência, assume o compromisso de vencer uma volta ao mundo organizada pelo mesmo Widmore para se provar digno dela e, em sua última conversa com a sua amada, ele esconde seus reais motivos, prometendo voltar em um ano. Porém, sua aventura em busca da honra acabou na costa da Ilha na qual ficou preso. Convencido que o ambiente externo da Ilha era insalubre, trabalha na Estação Cisne por três anos antes da queda do vôo 815. Acidente este do qual Desmond pode ter sido o responsável direto, já que em um embate com Kevin, seu companheiro de “trabalho”, ele pela primeira vez deixou de repetir sua rotina de digitar os tais números em um computador.

No encontro nada amigável entre ele e os sobreviventes que o descobrem, o computador da estação é atingido e avariado por um tiro do próprio Desmond, fato que o levou a acreditar que levaria todos a morte. Sua tentativa de fuga daquele lugar em seu velho barco foi em vão e neste momento ele acredita estar preso para sempre àquele lugar. Quando descobre atividades de outras estações, a se destacar a Pérola, decide, juntamente com Locke, deixar o contador zerar novamente. Mas ao estudar os registros de atividades, descobre que o seu único descuido coincide com a queda do vôo 815 e se convence de sua culpa no acidente. Para tentar evitar outro desastre, gira a chave de segurança, descarregando a energia e explodindo a estação por completo.

É neste ponto que as viagens de consciência no espaço tempo do “brotha” se manifestam. Depois de uma experiência de estar novamente no que seja talvez o momento mais impactante em seu destino, volta ao presente e, no tempo atual, ele se percebe capaz de prever a morte de Charlie e a evita por algumas vezes, mas percebe que seus esforços são em vão, sendo ele mesmo a acompanhar o roqueiro na viagem onde este, conscientemente, deu a vida para salvar a todos.

Quando o plano de Charlie funciona e o tal cargueiro de Naomi encontra os sobreviventes, Desmond é o primeiro a deixar a Ilha, ao lado de Saiyd, e no caminho até o cargueiro sua consciência faz a mais forte viagem no tempo, alternando entre o tempo presente e um dado momento quando ele já servia o exército. Des acaba descobrindo que precisa fazer algo para conseguir parar com isso tudo e sua grande salvação é o amor que tem por Penny. Seu plano que a envolvia funciona e ele consegue se salvar, ao mesmo tempo que consegue, mais uma vez, demonstrar todo o amor que sente pela loira, único motivo dele continuar persistindo nesta interminável batalha em busca de provar a ela, ao pai dela e, sobretudo, a ele mesmo que merece a mulher a quem ama.

Penny nunca desistiu dele, mesmo sem entender seus motivos e motivações. Seu esforço é recompensado quando na sua busca ela consegue resgatá-lo para, enfim, conseguir viver feliz ao seu lado. Durante três anos, eles vivem felizes junto de seu filho, velejando para onde desejassem. Seu poderoso amor conseguiu vencer até mesmo os mistérios que envolvem a Ilha, que o prenderam e que ao mesmo tempo mostraram a ele o quanto a amava e o quanto ele deveria lutar por ela. Falta saber, como a Sra. Hawking o alertou, se a Ilha ainda tem algo reservado a Des. Ele parece ter encontrado a sua redenção no amor de Penny, mas talvez a Ilha queira muito mais do que isso do casal.

Pitaco da Karen

Desmond e Pen são o casal máximo e indíscutível de Lost. Adoráveis, é difícil encontrar defeitos nos dois. É impossível não simpatizar e torcer para que os dois vivam o conto de fadas moderno. Com o felizes para sempre, claro.

Desmond é um dos personagens mais carismáticos da série. O Romeu inseguro que sofre por não ser tudo o que gostaria, é incapaz de esquecer da amada e parte para o oceano para provar ao mundo - e a si mesmo – que é capaz, o torna o melhor – e mais encantador - exemplo do homem contemporâneo.


Você já viu como o nosso querido Des ficou no traço do pessoal do Toon Series? Dê uma olhada aqui.

Quer saber mais sobre Lost e ler reviews bem interessantes dos episódios, além de outras notícias e debates acerca de tudo que envolve a Ilha? Dê um pulinho no Teorias Lost!
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails