quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Kung-Fusão (2004)

Gong Fu (Stephen Chow - China/Hong Kong - 2004)

Sing é um ladrão de segunda categoria que sonha em integrar a sofisticada e implacável gangue Axe, que controla o submundo da cidade. Ele tenta extorquir dinheiro de um dos moradores do Beco Curral do Porco, um mo
vimentado complexo de apartamentos da periferia, se passando por membro da famigerada gangue, mas é surpreendido pelos vizinhos da vítima, que são inusitados mestres nas artes marciais. As tentativas atrapalhadas de Sing chamam a atenção da gangue Axe, que entra em conflito com os moradores do Beco do Curral do Porco. Desta confusão toda, grandes mestres das artes marciais surgem de onde menos se espera e batalhas pitorescas podem definir o futuro de toda a cidade. Kung-Fusão busca unir a ação enlouquecida do kung-fu de efeitos e de movimentos rápidos e agressivos com a comédia pastelão, criando personagens intencionalmente caricaturados, satíricos e impensáveis em outro gênero de filmes. Antes inaugurada pelo já famoso astro Jackie Chan, a comédia de Hong-Kong, sempre ligada às artes marciais, é muito bem aceita pelo público chinês e também pelo ocidente. Prova disso é que Kung-Fusão é o filme estrangeiro com maior número de cópias lançadas no concorrido mercado norte-americano. Ainda que os efeitos especiais justifiquem o orçamento de US$ 20 milhões – o filme mais caro da história de Hong Kong - e sejam muito bem elaborados no sentido de dar unidade às maluquices do roteiro, o que sustenta mesmo a narrativa são mesmo as personagens. De gangsteres que dançam como em um musical da Brodway, passando por uma senhoria no melhor estilo de tia chata, mas que demonstra uma grande habilidade marcial, até o maior assassino do mundo, que ostenta o estilo sapo de lutar, o filme apresenta uma infinidade de possibilidades de desenvolvimento focando um ou outro destes personagens. É como se o esquema de comédia e luta de Jackie Chan fosse potencializado em dezenas de personagens no mesmo filme. A fórmula de Kung-Fusão está muito calcada no cinema de ação codificado por Hollywood desde as primeiras décadas da história do cinema. Esta linguagem se combina à estética de contagem de histórias chinesa, formando um modo distinto de narrativa que, ao que parece, alcança um grande apelo transcultural. Desta forma, é um filme que brinca consigo mesmo e que, ao não se levar a sério, presta uma homenagem à todas as fontes de onde bebe: desde os desenhos animados da Warner Bros até os contos milenares chineses de grandes guerreiros escondidos e misturados ao povo.


Trailer

Ficha Técnica
Título Original: Gong Fu Gênero: Comédia Tempo de Duração: 95 minutos Ano de Lançamento (China): 2004 Direção: Stephen Chow Roteiro: Stephen Chow, Tsang Kan Cheong, Chan Man Keung Produção: Stephen Chow, Chui Po Chu, Jeff Lau Música: Raymond Wong Fotografia: Poon Hang Sang Desenho de Produção: Oliver Wong Direção de Arte: Second Chan Figurino: Shirley Chan Edição: Angie Lam Efeitos Especiais: Centro Digital Pictures Ltd.
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails